sábado, 29 de janeiro de 2011

Lixeira viva parte I

Muito tem se falado em sustentabilidade e em medidas para proteger o que nos resta do meio ambiente. Pequenas atitudes muitas vezes parecem tolas diante do caos ambiental, mas pequenas atitudes de muitas pessoas podem sim começar a mudar o mundo. Sim, por mais que pareça utopia, eu acredito que outro mundo é possível.

Jogar lixo no chão é uma atitude que me deixa irritada, total demonstração de descaso, de falta de respeito, de ignorância. Separar o lixo orgânico do lixo reciclável é o mínimo que podemos fazer nas nossas casas. Adotar uma caneca de porcelana e deixar para trás o velho hábito de usar um copinho descartável para cada gole de água ou café no trabalho é mais um passinho em direção a um mundo melhor... Mas o que mais fazer para agredir menos nosso planeta? Eu não sei se esta é uma preocupação sua, mas é uma das minhas. E sabendo que os lixões das cidades estão abarrotados de lixo apodrecendo e piorando a vida de quem mora ao seu redor, resolvemos (eu e meu marido) comprar uma lixeira orgânica! Pois é, agora criamos minhocas na lavanderia do nosso apartamento! Nossa mais nova aquisição chegou ontem, então nem tenho muito a falar dela. Mas o passo foi dado e seremos responsáveis por algumas sacolas a menos de lixo apodrecendo por aí.

Para conhecer mais a respeito veja: www.lixeiraviva.com.br